terça-feira, 20 de agosto de 2013

FPL lança nota de solidariedade às categorias em greve

NOTA DE SOLIDARIEDADE À LUTA DA CLASSE TRABALHADORA


Muito já se disse sobre o desgoverno Rosalba, tanto no que diz respeito à carência de um projeto de desenvolvimento econômico e social para o Rio Grande do Norte como no que diz respeito à falta de sensibilidade política para dialogar com os servidores públicos, ao descumprimento de contratos com a iniciativa privada e à priorização do investimento em publicidade em detrimento das políticas sociais. Trata-se de um fenômeno que podemos caracterizar como sendo a micarlização do governo estadual.

Passados praticamente dois terços do mandato da única governadora do DEM no Brasil, diversos movimentos populares já se articularam e foram às ruas cobrar respostas daquela que prometera um mar de rosas durante a campanha eleitoral, utilizando o slogan “Pra fazer acontecer”, mas que governa para as mesmas oligarquias de sempre. Greve, abril vermelho, grito dos excluídos e revoltas já fizeram ecoar nas ruas o grito “Fora Rosalba”, recebendo como resposta criminalização.

Cansadas de mais do mesmo, da falta de valorização profissional e do sucateamento dos serviços públicos, diversas categorias inauguram agora um novo período de luta popular, destacando-se entre elas os trabalhadores da educação, da saúde e da segurança pública, que encontraram na greve a única alternativa possível para pressionar e reivindicar avanços.

O Fórum Potiguar de Lutas repudia a falta de sensibilidade do governo estadual e as tentativas de criminalização dos grevistas, solidarizando-se com a classe trabalhadora e convocando a sociedade a fortalecer as trincheiras de luta das categorias em greve. Se o mar de rosas prometido se transformou em caos político e administrativo, construamos juntos a primavera potiguar!


Natal, 19 de agosto de 2013

FÓRUM POTIGUAR DE LUTAS