domingo, 18 de março de 2012

Carta para os militantes que virão

''Quando você chegar direi em poucas palavras: - Você é livre!''
Mara Farias

''Sócrates a centenas de anos disse que para a criação de uma sociedade justa e boa para todos era indispensável que a população tomasse seus direitos e não aceitasse o que achava injusto,se um cara falou isso a tanto tempo e ainda tem forças no meu tempo,eu espero que ainda se ecoe no seu.
Ninguém disse que seria fácil e rápido conseguir isso,mas o importante é não desistir,não é fácil agora,talvez não seja tão fácil aí,mas fique firme na luta pelos seus direitos e por todos os teus irmãos e companheiros que já lutaram, sofreram e juntaram-se por essa terra.''

''A luta é muito grande e por mais que nos esforcemos talvez ainda não será o suficiente,por isso está em nós a obrigação de passar para os jovens o quanto é importante lutar por um mundo melhor para que eles deem continuidade ,conquistando cada vez mais um mundo melhor.''

''Não queremos consertar o mundo,mas queremos ter o direito de viver nele.
Estamos lutando hoje, para que o direito à liberdade de expressão não seja um problema no futuro e sim uma solução para humanidade...''

''Como você se sente?bem?A sociedade está sendo boa contigo?Se sim,você está errado e encontra-se na zona de conforto,nunca pense que a luta irá acabar. Falarei como o tio Sam: ''- Eu quero você!'' - Não deixe que os seus direitos atuais caiam em desuso ,pois eles foram ganhos com muita luta,sangue e até mesmo dor;lute por sua sociedade,pelo bem da sociedade,pelo bem social e não por uma ordem sistemática. Se espelhe no passado e faça o seu futuro.''

''Eu sou um brasileiro e não penso Europa,não penso uma educação copista,quero uma transparência entre ''meu'' passado e presente para que num futuro possamos nos reconhecer como seres históricos. Quero a luta e o sabor do entendimento do Educar e Aprender,quero o valor das origens implantadas na sensibilidade dos seres políticos do futuro. Precisamos nos encontrar além dos 500 anos de Brasil e lutar por um mundo horizontal.''

''Queridos companheiros e companheiras do futuro,
Estamos aqui hoje... construindo,construindo a esperança de dias melhores não só para os de hoje,mas vocês também um dia.
As lutas por aqui não são fáceis,todos os dias surge uma nova. Tudo o que fazemos ou pensamos é fruto de um desejo, desejo que alguém plantou em mim,e que um dia ele possa brotar em todas/os vocês, ''juventude do futuro''. Quer dizer, que futuro?Qual futuro?Como? Se o futuro é agora!''

''Por início,vou lembrar das conquistas que outras pessoas lutaram e hoje estou usufruindo,pois essas pessoas lutaram pelo futuro e o futuro é hoje,pois não devemos deixar para lutar amanhã,o futuro é agora. Calados não vai adiantar nada,se todos lutarmos juntos quem sabe todos poderemos lutar pelo mesmo propósito e venceremos juntos e unidos.''

''Eu desejo que você,jovem do futuro,continue a sonhar e lutar pelos direitos que ainda não foram assegurados por nós que estamos nessa guerra oculta da sociedade.''

''Militante do futuro,não deixe nossa luta sessar, faça prevalecer tudo o que conseguimos,pois a militância é como uma tocha,deve-se passar de mão em mão,mas nunca devemos permitir que sua chama apague.''

''A sociedade vive um comodismo,e as lutas estão em baixa, o sentimento está fraco e parece não haver saída. Mobilizar as massas é fundamental,por isso não espere sentado achando que o que já foi conquistado é suficiente,a busca de um mundo melhor nunca termina.''

Cartas escritas pela célula do Levante Popular da Juventude do bairro de Felipe Camarão em 18 de março de 2012.