domingo, 5 de agosto de 2012

Dia da Mulher Negra

O Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha foi instituído no 1º Encontro de Mulheres Negras da América Latina e do Caribe, que teve representação de mulheres negras de mais de 70 países, na República Dominicana, em 1992.
A data se tornou um marco internacional da luta e da resistência das mulheres negras, com o objetivo de tornar visível o racismo, a discriminação, o preconceito, a pobreza e os demais problemas que herdaram de uma sociedade estruturada no capitalismo, que tem como pilares o patriarcado (sistema de poder dos homens sobre as mulheres) e o racismo (a dominação dos brancos sobre os negros).É uma forma de parar para refletir sobre os problemas que as mulheres negras enfrentam durante sua vida, todos os dias.
A sociedade brasileira foi marcada pelo modo de produção escravista colonial, onde a mão-de-obra era de escravos trazidos da África. A chegada das mulheres africanas marcou a formação social brasileira. Essas mulheres trouxeram tradições ancestrais que influenciaram a língua, os costumes, a alimentação, a medicina e a arte, além de introduzirem métodos agrícolas, vários produtos e valores coletivos no Brasil.
Este novo país impôs papéis sociais para essas mulheres negras que passaram a ser brasileiras. As mulheres negras foram escravizadas e exploradas pelos senhores. Pelo fato de serem mulheres, também foram exploradas sexualmente, usadas como prostitutas e também cumpriram com o papel de alimentar gerações de crianças brancas, sendo, por diversas vezes, forçadas a abandonar seus próprios filhos.
Esses são alguns fatos que demonstram a situação desumana da mulher negra desde sua chegada no Brasil, que têm reflexos até os dias de hoje.
No Brasil, por exemplo, as mulheres negraslutar pela igualdade de gênero e raça, não deixando passar em vão uma data como essa. Afirmar, divulgar e ampliar a luta de todas as mulheres negras é reafirmar o compromisso com o povo brasileiro.





Esse foi o trabalho final da construção do dia da mulher negra. É compromisso nosso continuar a problematizar essas questões na comunidade e em toda sociedade....